quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Presente de Grego: Petição Pública Brasil Confirmação

Presente de Grego: Petição Pública Brasil Confirmação: "Petição Pública Brasil Confirmação"

Petição Pública Brasil Confirmação

Petição Pública Brasil Confirmação

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Música e saúde

A idéia de que a música afeta a saúde e o bem-estar das pessoas já era conhecida por Aristóteles e Platão. Somente na segunda metade do século 20, porém, os médicos conseguiram estabelecer uma relação entre a música e a recuperação de seus pacientes.

No final da Segunda Guerra Mundial, músicos foram chamados para tocar em hospitais como forma de auxiliar o tratamento dos feridos. Como a experiência surtiu resultados positivos, as autoridades médicas dos Estados Unidos decidiram habilitar profissionais para utilizar criteriosamente a música como terapia. O primeiro curso de musicoterapia foi criado em 1944, na Universidade Estadual de Michigan.

A música pode representar mais que uma habilidade para tocar um instrumento ou cantar. Pode ser um instrumento de saúde, desenvolvendo potenciais, atuando na prevenção ou no tratamento de questões como o estresse. A musicoterapia é uma modalidade que pode ser usada individualmente, em família ou em grupo.

Por meio dos sons, podemos tocar outras instâncias. É o que mostra a musicoterapia, ao buscar desenvolver potenciais, restaurar funções de saúde do indivíduo através de reabilitação, prevenção ou tratamento.

”É uma modalidade de trabalho que se utiliza da música e de elementos constituintes da música numa relação terapêutica para ajudar a pessoa a atender as suas necessidades. Destina-se a pessoas que têm alguma deficiência, algum distúrbio psíquico como depressão, autismo, esquizofrenia, assim como a atendimentos geriátricos ou pessoas que buscam auto-desenvolvimento”




Pesquisas revelaram que:

As ondas sonoras provocam movimento do protoplasma celular; sementes estimuladas musicalmente possuem traços aprimorados… A música afeta o nível de vários hormônios, inclusive o cortisol (responsável pela excitação e pelo estresse), testosterona (responsável pela agressividade e pela excitação) e a oxitocina (responsável pelo carinho). Assim como as endorfinas, a serotonina (neurotransmissor que faz a comunicação entre os neurônios).

O treinamento musical favorece o desenvolvimento cognitivo, atenção, a memória, a agilidade motora, assim como cria uma experiência unidade entre linguagem, música e movimento. Pitágoras dava à terapia pela música o nome de purificação. Sua música curativa se propunha a equilibrar as quatro funções básicas do ser humano: “Pensar, sentir, perceber e intuir”.

“A música responde a uma fonte poética de criatividade através de um cérebro que ressoa em resposta às solicitações de um cosmos que fala a ele.” O fato de geralmente encontrarmos acordes e intervalos consonantes em diferentes culturas musicais parece ser causado, portanto, uma tendência herdada dos mamíferos de preferirem tais combinações sonoras (consonantes).

Se considerarmos apenas a influência do ambiente e da tradição, torna-se por outro lado difícil imaginar de que modo um aspecto tão específico como as relações sonoras harmônicas pôde se desenvolver de maneira tão independente em diferentes culturas musicais através dos tempos, assim como em ratos sem treinamento prévio – e tudo ao acaso.

Esse fato implica que deve existir alguma predisposição neurobiológica que faz com que determinadas combinações sonoras some de um jeito especial ao ser humano. Quando as ondas sonoras alcançam o ouvido, o tímpano é acionado como uma membrana microfone, vibrando com a freqüência do som.

As vibrações são transmitidas através dos ossículos do ouvido médio para a cóclea e, então, movimentam as fibras de uma membrana que está no interior da cóclea.

Essa membrana (basilar) é composta de “cordas” transversais, entrelaçadas, cada uma afinada com uma freqüência/altura específica. Devido às leis da ressonância e da estrutura da membrana, as vibrações da membrana (deslocamento) serão maiores na “corda” que está afinada com a freqüência em questão. Cada nota terá uma localização específica ao longo da membrana – da mesma forma como as cordas de uma harpa ou de um piano.

As “cordas” no ouvido interno são acionadas pela ressonância, de um modo bastante semelhante ao que ocorre quando se levanta a tampa do piano e se grita no seu interior, enquanto se aperta o pedal direito; o piano “responde” com um som fraco correspondente à altura do grito devido às vibrações (ressonância) nas cordas afinadas com o grito.

Texto retirado do site:
http://www.gnosisonline.org/misterios-da-musica/musica-e-saude/

 
 
Ensaio do Presente de Grego
 

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Presente de Grego: Cultura

Presente de Grego: Cultura: "Hoje é dia 05 de novembro, o dia da cultura e do cinema. Dia de se pensar em como anda a cultura nossa de cada dia, dia de pensar no cinema,..."

Cultura

Hoje é dia 05 de novembro, o dia da cultura e do cinema. Dia de se pensar em como anda a cultura nossa de cada dia, dia de pensar no cinema, a grande janela de nossas vidas, por onde nos vemos ou nos imaginamos em universos próximos ou distantes.

Pensando nisso o Madison Plaza apresenta a seus clientes a 1ª semana da cultura com muitas atividades para encher de vida nosso quarteirão de lojas. O Samba de Roda será representado pelo Grupo Vivavós que resgata as cantigas de samba e ijexas de grandes compositores baianos, o samba reggae vem representado pela banda do Instituto de Cegos da Bahia, ainda contaremos com capoeira, exposição de artistas plásticos, voz e violão, sarau de poesias, troca solidária de livros e uma programação especial da TrenchTown Rockstore.

Para os fanáticos por cinema a Trench apresenta a sua primeira exibição de filmes com desconto rápido em artigos relacionados, ou seja, durante todo o dia 06 de novembro (sábado) serão exibidos grandes clássicos do cinema nacional e mundial quando ao mesmo tempo todos os artigos da loja vinculados ao tema estarão com desconto de 20%, desde posters a camisas passando por miniaturas e bolsas de vinil.

Para finalizar em grande estilo a semana da cultura do Madison apresentamos a 1ª Jam da Trench trazendo artistas de referência do cenário independente baiano para um bate-papo sonoro, onde serão refletidas as influências de cada músico, seja interpretando clássicos ou criando algo novo. São eles: Fabinho (Radiola), Ricardo Reina (Folha de Chá), Diego Andrade (Hajoe), Weider Régis (Hajoe), Maurício Pedrão (Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta), Lucas Pondé (Los Baganas), Tico Marcos (Radiola) e Alan Abreu (Radiola). Essa turma de peso promete muito som a partir das 18hs na varanda da Trench. Portanto não tem desculpa, o caminho para pensar o cinema e a cultura é no Madison Plaza com parada oficial na TrenchTown Rockstore.

Saiba mais no: www.trenchtownrockstore.blogspot.com



Programação da 1ª Semana da Cultura do Madison Plaza:



Dia 05/11 (Sexta)

17h às 19h - Voz e Violão

19h às 20h - Sarau de poesias

20hs - Roda de Capoeira/Dança das Baianas



Dia 06/11 (Sábado)

10h - Banda Infantil do Instituto de Cegos da Bahia

16h às 18hs - Grupo Viva Voz canta Samba de Roda e Ijexas

10h às 18h na Trench - Exibição de filmes com desconto rápido

18hs - Jam na Trench com músicos da cena independente



E mais:

*Exposição de artistas plásticos

*Projeto Livro Pelegrino: Leia, troque e doe livros usados



Madison Plaza - Rua Pernambuco, nº81, Pituba, Salvador - BA (em frente à praça N. Senhora da Luz)

Contato: TrenchTown Rockstore (71) 3015-0097

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Presente de Grego: A Intolerância

Presente de Grego: A Intolerância: "Ao ler o jornal de hoje fiquei “surpreso” com a noticia de uma jovem estudante de direito (assim imagino), paulista chamada Mayara Petruso. ..."

A Intolerância

Ao ler o jornal de hoje fiquei “surpreso” com a noticia de uma jovem estudante de direito (assim imagino), paulista chamada Mayara Petruso. Segundo o jornal, Correio da Bahia, a jovem incentivou no twitter o assassinato de nordestinos. Esta senhora fez comentários preconceituosos aos nordestinos. Mas como nos dias de hoje???

O motivo??? - O povo nordestino votou no PT. Então quem no nordeste votou no PT ou no PSDB para esta moça é: gente pequena, burra, analfabeta e deve morrer??? Mas isto não é fascismo??? Isto não é Intolerância??? Então como podemos confiar nesta futura advogada que decreta a pena de morte??? Mas no Brasil já tem pena de morte???? !!!

...intolerância!!!

Mas ainda assim saio em defesa desta criatura!!! Afinal somos um país jovem. Não temos ainda experiência com a democracia, com a liberdade. Aliais foi o comentário do Governado da Bahia, do PT: “- Alguns usam a liberdade de forma lamentável”. Verdade. Parabéns pelo comentário Senhor Governador do Bahia. A jovem Mayara deve ser uma jovem triste, sozinha com nível baixo de auto-estima, enfim...

Amigos, se vocês conhecem esta estudante de direito através do facebook, pois ela também publicou: “-Dêem direito de voto pros nordestinos e afundem o país de quem trabalhava para sustentar vagabundos que fazem filhos pra ganhar o bolsa 171”, digam pra ela passar uns dias na Bahia (na praia, conhecer nossa gente, comer nossa comida, conhecer nossa cidade...). Digam pra ela que será bem vinda. Pois quando ela chegar à Bahia estará retornando a suas origens. O Brasil começou na Bahia.

Costumo dizer para os amigos que no Brasil tudo de bom e tudo de ruim começou aqui, na Bahia de todos!!!



André Lima