quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Qual foi o primeiro cantor ou grupo de rock brasileiro?

Antes que existisse no Brasil gente desse tipo, já havia aqui gravações do gênero. A primeira foi uma cover de "Rock Around the Clock", o hit de Bill Haley and His Comets que espalhou o rock’n’roll pelo planeta. A tal cover - intitulada "Ronda das Horas", mas com a letra original em inglês - foi gravada em outubro de 1955 por Nora Ney, especialista em sambas-canção.



Dois discos de 1957 disputam o título de primeiro rock totalmente composto no Brasil. Segundo o especialista Marcelo Fróes, em seu livro Jovem Guarda - Em Ritmo de Aventura (2000), a honra cabe a "Rock and Roll em Copacabana", de Miguel Gustavo, autor da marchinha "Pra Frente, Brasil", que embalou a seleção de futebol na Copa de 1970. "Rock and Roll em Copacabana" foi gravada por ninguém menos que Cauby Peixoto e lançada em maio de 57. Porém, no mesmo mês, a veterana pianista Carolina Cardoso de Menezes soltou seu "Brasil Rock". Até onde se sabe, a gravação de Cauby foi em janeiro e a de Carolina em março, mas é impossível precisar qual das canções foi composta primeiro.



O fato é que nenhuma dessas pessoas se especializou em rock, apenas tiveram incursões esporádicas pelo ritmo. Assim, os títulos de primeiro cantor e de primeiro grupo de rock do país cabem a Betinho e Seu Conjunto, que gravaram, em abril de 1957, "Enrolando o Rock", composto pelo líder da banda em parceria com Heitor Carillo. Alberto Borges de Barros, o Betinho, era filho de Josué de Barros, o descobridor de Carmen Miranda - e pode ser visto, com Seu Conjunto, interpretando "Enrolando o Rock" no filme Absolutamente Certo (1957), de Anselmo Duarte, um clássico da chanchada.

por José Augusto Lemos
Jornalista, ex-diretor de redação da revista Bizz
Texto retirado do site: http://mundoestranho.abril.com.br/cultura/pergunta_286909.shtml

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Primeira Musica Gravada no Brasil

Historia!!!! Olhando para o passado podemos entender e explicar quem somos. Mais ainda, poderemos construir o nosso futuro conscientemente !!!

Verifique:
http://www.youtube.com/watch?v=iUqorvESjQI&feature=player_embedded

sábado, 16 de outubro de 2010

Origem do Rock

Rock é um termo abrangente que define o gênero musical popular que se desenvolveu durante e após a década de 1950. Suas raízes se encontram no rock and roll e no rockabilly que emergiu e se definiu nos Estados Unidos da América no final dos anos quarenta e início dos cinqüenta, que evoluiu do blues, da música country e do rhythm and blues, entre outras influências musicais que ainda incluem o folk, o gospel, o jazz e a música clássica. Todas estas influências combinadas em uma simples estrutura musical baseada no blues que era "rápida, dançável e pegajosa".


                        DJ Alan Freed, que muitos dizem ser o criador do termo “Rock and Roll”:


No final da década de 1960 e início dos anos setenta, o rock desenvolveu diferentes subgêneros. Quando foi misturado com a folk music ou com o blues ou com o jazz, nasceram o folk rock, o blues-rock e o jazz-rock respectivamente. Na década de 1970, o rock incorporou influências de gêneros como a soul music, o funk e de diversos ritmos de países latino-americanos. Ainda naquela década, o rock gerou uma série de outros subgêneros, tais como o soft rock, o glam rock, o heavy metal, o hard rock, o rock progressivo e o punk rock. Já nos anos oitenta, os subgêneros que surgiram foram a New Wave, o punk hardcore e rock alternativo. E na década de 1990, os sub-gêneros criados foram o grunge, o britpop, o indie rock e o nu metal.

O som do rock muitas vezes gira em torno da guitarra elétrica ou do violão e utiliza um forte backbeat (contratempo) estabelecido pelo ritmo do baixo elétrico, da bateria, do teclado, e outros instrumentos como órgão, piano, ou, desde a década de 1970, sintetizadores digitais. Junto com a guitarra ou teclado, o saxofone e a gaita (estilo blues) são por vezes utilizados como instrumentos solo. Em sua "forma pura", o rock "tem três acordes, um forte e insistente contratempo e uma melodia cativante".

A maioria dos grupos de rock são constituídos por um vocalista, um guitarrista, um baixista e um baterista, formando um quarteto. Alguns grupos omitem uma ou mais destas funções e/ou utilizam um vocalista que toca um instrumento enquanto canta, às vezes formando um trio ou duo; outros ainda adicionam outros músicos, como um ou dois guitarristas e/ou tecladista. Mais raramente, os grupos também utilizam saxofonistas ou trompetistas e até instrumentos como violinos com cordas ou cellos.

Texto retirado do: http://pt.wikipedia.org/wiki/Rock

terça-feira, 12 de outubro de 2010

O rock brasileiro da década de 80


Também considerado por muitos como pop rock nacional dos anos 80, foi um movimento musical que surgiu já no início da década. Ganhou até mesmo um apelido, o BRock, dado por Nelson Motta. É caracterizado por influências variadas, indo do new wave, passando pelo punk e o próprio conteúdo pop emergente do final da década de 70. Ainda assim, em alguns casos, tomou por referência ritmos como o reggae e a soul music . Suas letras falam na maioria das vezes sobre amores perdidos ou bem sucedidos, não deixando de abordar é claro algumas temáticas sociais. O grande diferencial das bandas deste período era a capacidade de falar sobre estes assuntos sem deixar a música tomar um peso emocional ou político exagerados. Fora a capacidade que seus integrantes tinham de falar a respeito de quase tudo com um tom de ironia, outra característica marcante do movimento. Outra particularidade típica foi o visual próprio da época; cabelos armados ou bastante curtos para as meninas, gel, roupas coloridas e extravagantes para os meninos e a unissexualidade de tudo isso, herança direta do Glam Rock de Marc Bolan, David Bowie e seus discípulos, como o Kiss e The Cure.

Tudo começou com o surgimento de bandas como a Gang 90 e as Absurdettes, seguida por sua contrapartida carioca, a Blitz e seu grande sucesso "Você não soube me amar", de 1982, tendo integrantes como Lobão, Evandro Mesquita e Fernanda Abreu, artistas em voga até hoje. O sucesso iminente dessas bandas impulsionou o lançamento de produtos infantis como revistas em quadrinhos e álbuns de figurinhas, tamanha a popularidade obtida com este público específico. O auge da Blitz aconteceu em 1985, no show do Rock in Rio. Liderada por Evandro Mesquita, a banda tinha como característica marcante as performances teatrais no palco, que se tornaram grandes brincadeiras responsáveis pela animação coletiva do público que comparecia aos shows. Mas não eram apenas apresentação musicais: envolviam música e muita interpretação, o que tornaria o show da banda um referencial de espetáculo para os músicos que começavam a surgir. O sucesso da Blitz foi a porta de entrada para outras bandas que ensaiavam escondidas em suas garagens.

Em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Brasília pipocavam bandas no início dos anos 80. No sudeste do país, o Rio de Janeiro revelou vários conjuntos. Os shows no “Circo Voador”, local que se tornou o berço de várias bandas que estouraram naquela época, revelaram Paralamas do Sucesso, Kid Abelha e Os Abóboras Selvagens, Gang 90 e as Absurdettes, Barão Vermelho, entre outras. Destas, as que tiveram mais destaque (e continuam tocando e fazendo relativo sucesso até hoje) são os Paralamas, Kid Abelha e Barão Vermelho.

Texto na integra no site:

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Rock_brasileiro_na_d%C3%A9cada_de_1980



.. texto retirado do site www.wikipedia.org






Presente de Grego: Um pensamento, um ensinamento...

Presente de Grego: Um pensamento, um ensinamento...

Um pensamento, um ensinamento...

“O homem comum acha a vida, como ela é, muito

desinteressante. E creio que conheço a razão...

É que ele está sempre esperando por algum

acontecimento, em vez de arregaçar as mangas para

fazer as coisas acontecerem”.


Alan Alexander Milne

domingo, 3 de outubro de 2010

História - Primeira musica gravada no Brasil

O compositor Xisto de Paula Bahia, nascido em Salvador, compôs a primeira música brasileira a ser gravada, em 1902, o lundu 'Isto é Bom'. O cantor fez sucesso durante o Segundo Reinado, musicando o poema de Plínio de Lima, 'Ainda e Sempre'.

Xisto, com sua voz de barítono, iniciou sua carreira como corista em Salvador. Ele nunca estudou formalmente música, compondo de maneira intuitiva, autodidata. Ele foi considerado pelo escritor romântico Arthur de Azevedo como o 'maior ator nacional que tivemos', em referência às comédias que escreveu e também protagonizou. O sucesso sempre esteve com ele, em todas as atividades artísticas em que se envolveu.

O intérprete da canção, Bahiano, o Manuel Pedro dos Santos, nasceu em Santo Amaro da Purificação e foi o primeiro cantor profissional do país, além de também ter gravado o primeiro disco brasileiro. Bahiano também era especializado em modinhas e lundus, que cantava acompanhando com o violão, e conseguiu seu lugar definitivo na história da música popular brasileira, e especialmente do samba, com a gravação de 'Pelo Telefone', em 1917. A música é considerada o primeiro samba a ser gravado no Brasil, segundo o Wikipedia.

O lundu, de acordo com o Clique Music, foi o primeiro ritmo afro-brasileiro. É baseado em batuques, com muita malemolência, e acompanhamento de bandolins. Foi o primeiro gênero a fazer fusão entre elementos da música branca e da música negra. Xisto Bahia foi o grande nome do ritmo e 'Isto é Bom' é um de seus expoentes.

Texto retirado do site: http://qstress.blogspot.com/2008/09/xisto-bahia-primeira-msica-gravada-no.html